Download

Mensagem do Chairman

Chairman Luís Salvado
Luís Paulo Cardoso Salvado
Chairman

Caros Acionistas,

2019 foi um ano marcante para a NOVABASE. Celebrámos o 30º aniversário com a aprovação de um novo rumo estratégico. Queremos apostar cada vez mais nas tecnologias disruptivas da economia digital. Queremos desenvolver e aproveitar melhor o potencial dos colaboradores e dos recém-graduados pelas universidades portuguesas. Queremos levar as nossas soluções a mais e maiores clientes na Europa e Médio-Oriente.

Ainda é cedo para fazermos um balanço desta aposta, mas os resultados já obtidos são encorajadores. Crescemos nos principais indicadores, como o volume de negócios, a rentabilidade e o talento. Importa sublinhar dois deles: alcançámos os melhores resultados líquidos da história da empresa – beneficiados pela mais-valia da alienação do negócio de Governo, Transportes e Energia – e registámos o melhor desempenho acionista da Euronext Lisbon.

Ao nível corporativo aprofundámos políticas para melhor respondermos aos requisitos emergentes, em matérias que vão desde a gestão de risco e cibersegurança, à igualdade de género. Reforçámos o Conselho de Administração com a nomeação do responsável pelo novo segmento Next-Gen e aprovámos um plano de incentivos de médio-prazo para atrair e fidelizar o talento necessário à execução da nova estratégia.

Concluo com duas mensagens, uma sobre o passado, a propósito dos nossos 30 anos, e outra sobre o futuro.

Ao longo da sua história, mais de dez mil pessoas passaram pelos quadros da NOVABASE, realizando feitos e conquistas extraordinárias. Foram muitos os momentos mágicos que vivemos. Mas também tivemos fases exigentes e difíceis. Todos estes acontecimentos fazem parte da nossa história. Foram o resultado do trabalho, do suor e da inspiração de muitos. De quem deu o melhor de si, por vezes com enormes sacrifícios. De quem fez da NOVABASE a sua casa. Esse contributo nunca será esquecido. Muito Obrigado!

Entrámos em 2020 preparados para enfrentar os desafios que conhecíamos: a crescente competição pelo talento e a angariação de uma nova base de clientes, nomeadamente fora de Portugal. Nada faria prever o que, entretanto, aconteceu, em resultado da pandemia provocada pela Covid-19. Na altura em que vos escrevo, início de abril, existe uma grande incerteza sobre a real dimensão dos impactos decorrentes da tragédia que estamos a viver. Fazer previsões nesta fase será pouco útil. Podemos, no entanto, falar do que sabemos hoje. A NOVABASE tem um balanço invejável e os seus principais clientes dispõem de robustez financeira. Mais importante: temos equipas experientes em lidar com situações de enorme adversidade e a resiliência é uma das nossas principais características.

Todas as crises encerram oportunidades. A que temos pela frente será uma enorme provação para todos. Exigirá o nosso melhor e até a capacidade de nos superarmos. Esse será o nosso grande desafio.

Luís Salvado